Sustentabilidade Financeira das Instituições de Microfinanças Brasileiras: Análise das Cooperativas de Crédito Singulares

Este trabalho tem por objetivo analisar a sustentabilidade financeira das Cooperativas de Crédito Singulares do Brasil. A análise dos dados financeiros das cooperativas de crédito, Sociedades de Crédito ao Microempreendedor (SCM) e crédito mútuo compõem o objeto de estudo. A análise foi realizada a partir dos dados de 31/12/2007 disponibilizados pelo Banco Central de 1.439 instituições. Com dados adicionais de 31 instituições liquidadas entre 2003 e 2006, totalizaram-se 1.470 instituições analisadas. Com os valores originais, o banco de dados foi dividido aleatoriamente em duas partes, cada qual com 735 instituições, sendo o primeiro denominado de amostra de desenvolvimento e o segundo, de amostra de validação. A avaliação principal foi feita a partir da Análise Discriminante com os dados obtidos e com padronização. Outras abordagens foram desenvolvidas e comparadas. Os resultados mostram que a segunda abordagem, com padronização e subdivisão das instituições por tamanho (valor do ativo) permite obter resultados mais aprimorados, com Correlação Canônica de 0,994, mostrando que a variável dependente pode ser explicada em 98,8% pelas variáveis independentes. Desta forma, as análises mostram a funcionalidade dessas abordagens como instrumento de classificação, servindo como mecanismo de auxílio aos órgãos reguladores e Cooperativas Centrais no acompanhamento das unidades singulares......This work aims to analyze the financial sustainability of Single Credit Cooperatives of Brazil. The analysis of financial data from credit cooperatives, credit societies of Small Entrepreneur (SCM) and credit make up the mutual object of study. The analysis was performed from the data available from 2007/12/31 by the Central Bank of Brazil of 1,439 institutions. We used indicators of financial structure, assets and the statements of results of those institutions. With additional data from 31 institutions presented between 2003 and 2006, the total is 1,470 institutions analyzed. With the original values, database was divided randomly into two parts, each one with 735 institutions, and the first known sample of development and the second called the validation sample. Other approaches have been developed. The main evaluation was made from the Discriminant Analysis. The results show that the alternative approach with subdivision of standardization and institutions by size (value of assets) to obtain more refined results. Thus, the analysis shows the functionality of these approaches as a tool for classification, serving as a mechanism to help regulatory agencies and the Cooperative Central monitoring of natural units.


Subject(s):
Issue Date:
2010
Publication Type:
Journal Article
PURL Identifier:
http://purl.umn.edu/151965
Published in:
Brazilian Journal of Rural Economy and Sociology (Revista de Economia e Sociologia Rural-RESR), Volume 48, Number 4
Page range:
897-934
Total Pages:
38
JEL Codes:
M41

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)