A REGRA ÓTIMA DE ARMAZENAMENTO DE ARROZ NO BRASIL ATRAVÉS DE UM MODELO DINÂMICO DE EXPECTATIVAS RACIONAIS

Este trabalho pretende aplicar um modelo econômico dinâmico de expectativas racionais para armazenamento de arroz no Brasil com o intuito de modelar a decisão de estocagem. Estas quantidades de estoque maximizam os efeitos de bem-estar oriundos da introdução da estocagem como uma atividade econômica competitiva em um mercado com oferta estocástica, onde todos os indivíduos são maximizadores de lucro com expectativas racionais. Os impactos dependem, principalmente, da informação disponível ao produtor antes do armazenamento ser introduzido, da elasticidade da oferta de área, da especificação da curva de demanda, dos custos de estocagem, da taxa de juros considerada e do custo de estocagem. Estas funções e valores foram utilizados para a estimação de um modelo dinâmico de expectativas racionais, através de programação dinâmica estocástica, aproximando uma função de preço esperado e área plantada em função do estoque inicial, fazendo uso de polinômio de quarto grau no estoque, onde se encontrou uma disponibilidade crítica, a partir da qual, ocorrerá armazenamento como uma atividade econômica. Em seguida procedeu-se a estimação de simulações de longo-prazo com o intuito de avaliar os impactos de altos e baixos estoques iniciais no mercado. Os resultados demonstraram que estes impactos podem ser percebidos por cerca de 3 ou 4 safras.


Variant title:
RULE GREAT STORAGE OF RICE IN BRAZIL THROUGH A DYNAMIC MODEL OF RATIONAL EXPECTATIONS
Issue Date:
2006
Publication Type:
Conference Paper/ Presentation
PURL Identifier:
http://purl.umn.edu/149232
Total Pages:
19




 Record created 2017-04-01, last modified 2017-08-27

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)