COMUNICAÇÃO RURAL ENTRE TRÊS ATORES NAS ÁREAS DE CONCENTRAÇÃO DE FRUTEIRAS NO NORDESTE BRASILEIRO:

Analisa-se o nível de comunicação entre agricultores, suas organizações e extensionistas rurais, a partir da análise do nível de concordância sobre potencialidades ou problemas percebidos como relevantes por cada um deles, a partir de um estudo de caso nas áreas de concentração de fruteiras no Nordeste do Brasil. A abordagem teórica é fundamentada na concepção humanizadora. As informações foram extraídas de um banco de dados resultante de uma pesquisa de campo coordenada pelo ETENE, realizada durante os anos de 2004 e 2005, tendo por base o ano de 2003, por meio da aplicação de questionários estruturados a pequenos agricultores (fruticultores), organizações de agricultores e extensão rural. Verificou-se que a atuação das ATER’s apresenta pouco avanço na direção da concepção dialógica e humanizadora da comunicação, o que pode ser atestado nas diversas contradições observadas nas falas dos atores e na insatisfação de parte dos agricultores com os serviços prestados, sugerindo, assim, a necessidade de avaliação das metodologias adotadas em suas atividades de campo, principalmente no tocante à forma como vêm trabalhando as estratégias de comunicação.


Issue Date:
2006
Publication Type:
Conference Paper/ Presentation
PURL Identifier:
http://purl.umn.edu/148515
Total Pages:
20




 Record created 2017-04-01, last modified 2017-05-24

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)