ANÁLISE DA FORMAÇÃO DOS PREÇOS RECEBIDOS PELOS SOJICULOTORES DOS ESTADOS DO RIO GRANDE DO SUL, PARANÁ E MATO GROSSO

Os preços do setor soja, bem como dos demais setores agropecuários, são sensíveis aos fatores que promovem choques de oferta e de demanda, sobretudo os de ordem tecnológica, climática, de políticas macroeconômicas e comerciais. Assim, os preços recebidos pelos produtores brasileiros de soja dependem de vários fatores internos e externos. Dessa maneira, o objetivo geral desta pesquisa foi analisar as principais variáveis que afetam os preços pagos pela soja produzida nos estados do Rio Grande do Sul, Paraná e Mato Grosso. Em termos teóricos, adotou-se um modelo onde o preço interno da soja é função das variáveis preço externo, taxa de câmbio e despesas líquidas com exportação, bem como do efeito sazonal. Após aplicação de testes de estacionaridade e de co-integração, optou-se pela utilização do Mecanismo de Correção de Erros (MCE) na estimação dos modelos. Dentre os principais resultados observou-se que os preços internos recebidos pelos produtores de soja em grão sofrem influências significativas de todas as variáveis explicativas contidas nos modelos, destacando-se como principais as variáveis taxa de câmbio e preço externo. Portanto, flutuações inesperadas nos preços internacionais de soja, bem como, flutuações da taxa de câmbio podem afetar significativamente a rentabilidade dos agricultores brasileiros.


Issue Date:
2006
Publication Type:
Conference Paper/ Presentation
PURL Identifier:
http://purl.umn.edu/148205
Total Pages:
20




 Record created 2017-04-01, last modified 2017-08-27

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)