FATORES INTERNOS QUE LEVARAM A ALTERAÇÃO NO PROCESSO DE PRODUÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DA PECUÁRIA DE CORTE BRASILEIRA

Esse texto apresenta dos dois mecanismos implementados pelo governo federal na busca de favorecer a abertura de novos mercados para a produção de carne bovina brasileira, destaca-se a formação do Mercosul e a adoção da rastreabilidade. Busca-se com isto evidenciar que os investimentos realizados na década de 1970 e a abertura comercial, alteraram o sistema de produção brasileiro, bem como a forma de comercialização no setor de bovinocultura de corte. A base de dados é composta por levantamentos censitários do IBGE e Anuários Estatísticos do Crédito Rural Brasileiro. Como conseqüência da alteração dos indicadores de produção na bovinocultura de corte a partir da década de 1970, ocorre uma mudança de estratégia de comercialização, evidenciando que os processos desencadeados pelo governo federal, como o Mercosul e a rastreabilidade produziram novas dinâmicas no setor de carne bovina brasileira. Toda esta alteração no processo de produção e comercialização culminou por elevar o consumo interno e a exportação de carne bovina.


Issue Date:
2006
Publication Type:
Conference Paper/ Presentation
PURL Identifier:
http://purl.umn.edu/148128
Total Pages:
10




 Record created 2017-04-01, last modified 2017-08-27

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)