CONTROLE DO PERIGO AVIÁRIO CAUSADO POR AVES COM ADOÇÃO DE MEDIDAS MITIGADORAS

O presente trabalho tem como objetivo principal analisar as medidas mitigadoras do perigo aviário voltadas para o controle e redução do risco de acidentes aeronáutico provocado por colisão de aeronaves com urubus na área do entorno dos Aeroportos Brasileiros. A metodologia utilizada caracteriza-se como teórico-empírico e descritiva. Os dados primários forma coletados junto a INFRAERO e os secundários foram coletados em publicações referentes ao temo como também junto a OACI (ORGANIZATION AVIATION CIVIL INTERNATIONAL), CENIPA e FAA. Foram detalhados as os principais métodos de controles utilizados pelo sistema de aviação e as principais causas dos acidentes aviários. É notório o potencial atrativo de aves para os locais usados como depósito final de resíduos sólidos urbanos, sendo que, não raramente, os mesmos são implantados dentro de uma Área de Segurança Aeroportuária – ASA. A natureza e magnitude deste tipo de problema enfrentado por aeroportos dependem de muitos fatores como o tipo e volume do tráfego aéreo, das populações de fauna silvestre local e migratória, das condições de habitat na área. A fauna silvestre é atraída para um aeroporto devido à alimentação, água e abrigo. A maioria das colisões de aeronaves, com aves ocorre nas imediações dos aeroportos, sendo que 78% dá-se abaixo de 1.000 pés AGL (acima do nível do solo). Destas, 35% ocorrem durante as decolagens e subidas, e 49% durante as aproximações e pousos (FAA, Manual de Manejo de Aves, 1999). Devido à ocupação antrópica do entorno dos aeroportos e às deficiências na coleta, tratamento e destinação final de resíduos sólidos urbanos dos municípios, há abundante oferta de material orgânico em lixões - vazadouros de lixo a céu aberto. Os lixões atraem para os seus arredores maciças quantidades de urubus-da-cabeça-preta (Coragyps atratus), objeto deste trabalho.


Issue Date:
2006
Publication Type:
Conference Paper/ Presentation
PURL Identifier:
http://purl.umn.edu/148057
Total Pages:
17




 Record created 2017-04-01, last modified 2017-08-27

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)