56 Organizações Rurais & Agroindustriais, Lavras, v. 14, n. 3, p. 356-366, 2012 AVALIAÇÃO DA CAFEICULTURA PELA ABORDAGEM DO CUSTEIO VARIÁVEL EM PROPRIEDADES NAS PRINCIPAIS REGIÕES PRODUTORAS DO BRASIL

Estimaram-se, neste estudo, os custos operacionais de produção e a margem de contribuição real e potencial proveniente da cafeicultura em cidades nos estados de Minas Gerais, Paraná, Espírito Santo e São Paulo, principais regiões produtoras do Brasil. Além disso, buscou-se inferir o ponto equilíbrio da atividade, produção na qual os custos operacionais totais se igualam à receita total. Os dados foram levantados em: Três Pontas, Santa Rita do Sapucaí, Patrocínio e Manhumirim no estado de Minas Gerais; Jaguaré e Iúna, no Espírito Santo; Altinópolis, em São Paulo e Ribeirão do Pinhal, no estado do Paraná. Em relação à margem de contribuição, os resultados indicam que as produtividades potenciais a aumentam consideravelmente. O aumento do ponto de equilíbrio (sacas por hectare), em decorrência da elevação dos custos operacionais, para a consecução da produtividade potencial é compensado pelo aumento significativo no número de sacas produzidas, o que reduz de forma consistente os custos operacionais unitários. Pode-se concluir que a cafeicultura apresenta ganhos com o aumento da produtividade.


Variant title:
Assessment of coffee sector by the variable costing approach in properties of the main production regions of Brazil
Subject(s):
Issue Date:
Aug 09 2012
Publication Type:
Journal Article
PURL Identifier:
http://purl.umn.edu/146689
Published in:
Organizações Rurais e Agroindustriais/Rural and Agro-Industrial Organizations, Volume 14, Number 3
Page range:
356-366




 Record created 2017-04-01, last modified 2017-08-22

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)