A AGRICULTURA ORGÂNICA COMO FONTE DE EMPREGO E RENDA: UM ESTUDO DE CASO DA PRODUÇÃO VITIVINÍCOLA

Esse artigo analisa a transição do modelo de agricultura convencional para orgânica a partir do estudo de um projeto de pomar vitivinícola implantado em 2002 na propriedade de Carlinhos Fornari, localizada no distrito de Nova Concórdia, interior do município de Toledo, Estado do Paraná. Por isso, essa análise fornece subsídios para o estudo da viabilidade de conversão de áreas cultivadas de maneira convencional para um método de cultivo orgânico. A metodologia utilizada para a efetivação e conclusão do estudo foi de caráter exploratório e estudo de caso. Foram coletadas informações por meio de pesquisa de campo exploratória, realizada diretamente com o produtor, bem como fornecedores de insumos e materiais, utilizando-se um roteiro com os tópicos principais acerca dos custos fixos, custos operacionais e receitas.No caso do cultivo orgânico de uvas, analisado no presente estudo, comparado com o cultivo convencional mostrou-se viável. Essa viabilidade advém do menor custo produção, devido a um menor uso de insumos em todo o processo, desde o preparo do solo aos tratos culturais onde não são utilizadas aplicações de produtos químicos. Para este sistema, a produção média esperada para o 2º ano é de 7 toneladas por hectare, no 3º ano, 25 toneladas, e a partir do 4º ano, 42 toneladas por hectare. Considerando um preço de R$ 1,00 ao quilo, a receita no 2º ano será de R$ 7.000,00, no 3º ano será de R$ 25.000,00 e a partir do 4º ano de R$ 42.000,00. Assim, a estrutura produtiva vitivinícola analisada é viável economicamente. Como o seu custo de produção é inferior ao custo da agricultura convencional, além de não agredir o meio ambiente torna-se uma excelente fonte de emprego e renda para a agricultura familiar.


Issue Date:
2006
Publication Type:
Conference Paper/ Presentation
PURL Identifier:
http://purl.umn.edu/145876
Total Pages:
13




 Record created 2017-04-01, last modified 2017-08-27

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)