Água e Agrotóxicos? Isso não se mistura Estudo sobre a Microbacia Hidrográfica do Córrego da Lagoa, São José do Rio Preto, SP

A bacia hidrográfica do Turvo Grande está localizada na região norte-noroeste do Estado de São Paulo e apresenta uma área de drenagem de 15.975 km2 onde os principais cursos de água são os rios São Domingos, da Onça, Turvo, Preto, Grande e da Cachoeirinha. Abrange a área de 64 municípios e uma população em torno de 1,2 milhão de pessoas, possui uma intensa atividade agropecuária e uma expressiva atividade industrial. No Estado de São Paulo, juntamente com as bacias hidrográficas do Rio Piracicaba e Alto Tietê são consideradas críticas por possuírem uma disponibilidade menor de 1500 m3/habitante/ano. A do Turvo Grande possui uma disponibilidade em torno de 960m3/habitante/ano, e tem sua situação agravada pelo despejo de esgoto urbano (em média menos de 18% recebe tratamento adequado), rejeitos industriais e pelo impacto da atividade agropecuária tais como a erosão e a contaminação por agrotóxicos. Esse trabalho desenvolveu-se na microbacia hidrográfica do Córrego da Lagoa, um dos principais mananciais que abastecem a cidade de São José do Rio Preto. Juntamente ao Córrego dos Macacos e ao Rio Preto abastecem em torno de 40% das necessidades de uma população estimada em 372 mil habitantes. A microbacia do Córrego da Lagoa possui uma área de 2.340 ha onde existem aproximadamente 56 propriedades, em sua maioria pequenas e que estão organizados em torno de uma associação de produtores. Objetivou-se nessa investigação, identificar o impacto da atividade agropecuária sobre a qualidade da água, em especial, a questão da contaminação por agrotóxicos na microbacia do Córrego da Lagoa e oferecer, a partir desses resultados, subsídio à execução do programa estadual de manejo de bacias hidrográficas. A metodologia desse trabalho está baseada no levantamento de dados secundários na literatura disponível, nos dados disponíveis no Comitê da Bacia Hidrográfica Turvo Grande (CBH-TG) e nas agências de assistência técnica oficial. A coleta de dados primários foi realizada através da aplicação de um extenso questionário a todos os produtores e da georeferenciação das áreas de produção em relação ao curso de água. A conclusão desse trabalho aponta para uma situação preocupante quanto ao uso e manejo dos agrotóxicos que podem afetar a água captada e servida a população urbana e afetar a qualidade de vida da população local.


Issue Date:
2006
Publication Type:
Conference Paper/ Presentation
PURL Identifier:
http://purl.umn.edu/145087
Total Pages:
13




 Record created 2017-04-01, last modified 2017-04-26

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)