Comparação entre os sistemas de previdência social rural no Brasil, Suécia e Canadá

Este trabalho analisa os sistemas previdenciários rurais no Brasil, Canadá e Suécia, destacando os benefícios que contribuem para a redução da pobreza. Estes países foram escolhidos por utilizarem o mesmo modelo dentro da tipologia de cobertura previdenciária, a saber, o modelo universal básico. Nesse modelo, o cidadão tem direito, em certas condições, a receber benefícios previdenciários sem a obrigatoriedade da prévia contribuição monetária e compulsória. Este mecanismo é executado através da intervenção direta do Estado, seja pela cobrança de impostos, ou seja pela redistribuição inter-grupos das despesas e funciona de maneira eficaz como uma política de redução da pobreza. Apesar de similar quanto à tipologia de cobertura previdenciária, os três países analisados beneficiam segmentos distintos da população – os trabalhadores rurais idosos no caso do Brasil, os indígenas no caso Canadá e os idosos no caso da Suécia –, concedendo benefícios e valores distintos. O trabalho destaca estas diferenças.


Issue Date:
2006
Publication Type:
Conference Paper/ Presentation
PURL Identifier:
http://purl.umn.edu/144715
Total Pages:
18




 Record created 2017-04-01, last modified 2017-08-12

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)