AS FORÇAS CONDICIONANTES DA SUSTENTABILIDADE AGRÍCOLA: UTILIZANDO UM MODELO PARA UMA ANÁLISE EXPLORATÓRIA NO VALE DO SUBMÉDIO SÃO FRANCISCO

Existem poucos trabalhos que buscam identificar os determinantes da sustentabilidade da atividade agrícola na literatura econômica e menos ainda aqueles que se utilizam de indicadores físicos de sustentabilidade. Trata-se, este trabalho, de um esforço neste sentido, utilizando-se, para tal, do conceito de indicadores DSR, propostos pela ONU. São utilizados os resultados obtidos por Melo (1999) para os indicadores de Estado, dos Fatores Condicionantes, e de Resposta da sustentabilidade para a região do submédio São Franscisco para se estabelecer as forças condicionantes da sustentabilidade, através de uma regressão linear simples entre o índice de sustentabilidade, também estimado por Melo, e os indicadores de fatores condiocionantes e de resposta. Os resultados obtidos confirmam as proposições de que o uso de defensivos agrícolas e a concentração na posse da terra tem impactos adversos sobre a sustentabilidade; mas trazem evidências contrárias sobre o comportamento esperado da concentração de renda, instalação de drenagem e diversificação produtiva. Como principal conclusão infere-se a necessidade de uso de modelos não lineares para o tratamento da questão.


Issue Date:
2008
Publication Type:
Conference Paper/ Presentation
PURL Identifier:
http://purl.umn.edu/133321
Total Pages:
14




 Record created 2017-04-01, last modified 2017-04-26

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)