ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE ESTRATÉGIAS DE HEDGE COM BASE EM MODELOS ESTÁTICOS E DINÂMICOS PARA CONTRATOS FUTUROS DE CAFÉ ARÁBICA

Dentro do agronegócio brasileiro, o café arábica está entre os produtos com o mais elevado nível de risco e, ainda assim, é um produto importante para a economia brasileira. Os mercados futuros são reconhecidos como meio de gerenciamento desses riscos, mas observou-se o baixo uso desse mecanismo no caso brasileiro. Por outro lado, a literatura tem avançado quanto aos métodos para realização de estratégias de hedge. Em vista disso, esse artigo teve a finalidade de analisar a efetividade, em redução de riscos, de diferentes estratégias de hedge para o café arábica no Brasil. Foram Testadas quatro estratégias: não atuação em mercados futuros; cobertura completa; estratégia estática que incorpora o conteúdo informacional em médias condicionais, obtida pelo modelo VEC; e a dinâmica, que incorpora o conteúdo informacional sobre a volatilidade, derivada do modelo GARCH Multivariado BEKK. Os resultados indicaram a estratégia dinâmica como mais efetiva, seguida da estática, cobertura completa e não atuação em mercados futuros. Contudo, a dinâmica teve pequena superioridade, quando comparada à estática, donde se concluiu que as duas estratégias tiveram efetividades semelhantes. Quanto às demais estratégias, elas foram desaconselháveis.--------------------------------------------The Arabian coffee is the highest level of risk among the products inside the Brazilian agribusiness, and it is a important product to the Brazilian economy. The futures markets are recognized as a way of managing these risks, but there was identified low use of this mechanism in the Brazilian’s case. Moreover, the literature has advanced in the methods for implementation of hedge strategies. This paper had the purpose of analyzing the reducing risks effectiveness of different hedge strategies for the Arabian coffee in Brazil. It were tried four strategies: no performance in futures markets; Complete coverage; Static strategy, that incorporates the informational content in conditional average, obtained by the VEC model; and the dynamic strategy, which incorporates the informational content on the volatility, derived from the Multivariate GARCH BEKK model. The results indicated the dynamic strategy as more effective, followed by static, complete coverage, not performance in future markets. However, the dynamic had not significantly more effective when compared to the static, from that it was possible to conclude that the two strategies were similar effectiveness. As for other strategies, they were non advisable.


Issue Date:
2008-07
Publication Type:
Conference Paper/ Presentation
PURL Identifier:
http://purl.umn.edu/113187
Total Pages:
21




 Record created 2017-04-01, last modified 2017-08-26

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)