Impacto social da produção integrada de abacaxi no estado do Tocantins – Brasil

Além do objeto da produção em si, a produção integrada tem como princípios o bem-estar social e a preservação ambiental. Neste artigo avaliam-se os impactos sociais da produção integrada de abacaxi no Estado do Tocantins (Brasil) em oito estabelecimentos rurais. A ferramenta empregada na avaliação, denominada Ambitec Social, foi desenvolvida pela Embrapa, sob a liderança da Embrapa Meio Ambiente. O índice agregado de impacto social apresenta valor positivo e igual a 3,65, de uma escala que varia de 15 negativo a 15 positivo. Entre os indicadores que compõem a metodologia de análise, nenhum deles apresentou resultado negativo: todos exibem valor positivo e diferente de zero. Os indicadores que apresentaram os maiores impactos foram, em ordem de importância, Relacionamento Institucional, Segurança Alimentar, Capacitação e Dedicação e Perfil do Responsável.--------------The evaluation of social impact includes four aspects related to the impact characterization: employment, income, healthy, and administration management. The aggregated index of the social impact of the integrated pineapple production technology in the State of Tocantins, applied to the eight farms where that system is under use, shows a positive value equal to 3.65 of a scale ranging from –15 to +15. No indicator component of the methodology showed negative value; all of them were positive and different from zero. The indicators that showed the highest impacts were: institutional relationship, safe food production, training, and dedication and profile of the responsible person for the property.


Issue Date:
2008-07
Publication Type:
Conference Paper/ Presentation
PURL Identifier:
http://purl.umn.edu/107912
Total Pages:
11




 Record created 2017-04-01, last modified 2017-08-26

Fulltext:
Download fulltext
PDF

Rate this document:

Rate this document:
1
2
3
 
(Not yet reviewed)